Boa Tarde Galera!

Gostaria de compartilhar algumas fotos do estagio em que se encontram o FMC e MCP. O dois estao em fases de testes e finalizaçao do nosso software de  programaçao para utilizaçao deles com o PRO SIM e IFLY.

Espero que gostem!

2012-07-17_17-44-31_693

 

2012-07-17_17-45-03_879

 

2012-07-17_17-50-55_935

 

2012-07-17_17-45-49_3

 

2012-07-17_17-45-42_98

 

2012-08-05 20-34-04.475

 

Abraços,

Jean

Bom dia Pessoal!

Nos dias 07 e 08 de Maio tive a oportunidade de conhecer pessoalmenete meu amigo Helder de MG, o qual gostaria de agradecer profundamente em nome do GRUPO do  737NGRS  o trabalho dedicado as todos os construtores de cockpits que utiliza eletronica FSBUS!

Aproveitamos tambem para fazer um pequeno encontro sobre as FSBUS e testar o IFLY COCKPIT, um software desenvolvido para o Ifly que usa o SDK da IFLY em conjunto com a DLL das FSBUS!

Tambem na ocasiao recebi meu amigo Luciano Rau,aqui de Sao Francisco de Paula, este, profissional da area eletronica e em conjunto comigo um dos resposaveis pelo desenvolvimento eletronico do projeto!

 

 

Basicamente, os usuarios precisam ter a nova versao do IFLY fsx + FSX com SP2, setar no arquivo de configuracao  as CID’S e RID’S de cada ligaçao feita, salvar e rodar um arquivo executavel apos ter carregado a aeronave  IFLY de sua preferencia no FSX!

Ele fará a leitura e ja começa a interagir com o painel do IFLY!

Abaixo uma amostra do arquivo de configuração, muito facil para acertar, primeira coluna “comando no simulador”, segunda “CID”, terceira “RID” e quarta uma possibilidade de  inversao de sinal caso seja necessario!

Como disse anteriormente, feito o acerto de cids e rids de acordo com sua configuracao de placas é so carregar o FSX com alguma aeronave da IFLY, e rodar o executavel e aproveitar o voo!

Muito Trabalho ainda esta por ser feito, mas agora com 2 frentes de programacao, uma com o Helder em cima do SDK do IFLY e o Joao no Xfly a chance de realizar o sonho ficou muito mais facil, novamente agradeço a eles por fazerem parte do Grupo!

Algumas melhorias ja foram feitas desde a primeira versão e agora passamos a disponibilizar uma versão beta, para quem possui as placas FSBUS!

Em breve um video mostrando o funcionamento do MCP e EFIS em conjunto com o IFLY!

So  precisa solicitar aqui no blog que estarei enviando posteriormente por email!

 

Temos estado discutindo há alguns dias exatamente por onde começar. Há várias possibilidades. O que mais me preocupa é o software e como interfacear o hardware. Claro que o Project Magenta (PM) é a primeira opção, apesar de ser caríssimo. Mas é testado, provado. Funciona.

Em vários foruns por aí li, a quem colocava a fatídica pergunta “where to start”, “what to do first”, sempre a mesma resposta dos mais experientes: FLY, BUILD, FLY, BUILD, FLY… era isso, ou BUILD, BUILD, BUILD, QUIT 😦

Neste momento, parece que o primeiro passo é mesmo a fabricação da placa FSBus. Essa placa seria o “cérebro” da ligação entre o hardware e o software. Uma possibilidade seria comprar essa placa (há alguns modelos disponíveis prontos, a um custo atual entre 80 e 150 euros – pode haver alguma mais barata, mas essas são as mais confiáveis), mas optamos por fabricá-la, basicamente por 2 motivos: primeiro, financeiro. A fabricação dessa placa, com componentes e testada, sai bem mais barato que esses valores. Segundo, e principal, queremos aprender como fazer, dominar o processo.

De forma geral, esse é o esquema básico de montagem e a placa em questão (parágrafo acima) é a AMARELA FSBus.

Esquema de Interface B737NG

Esquema de Interface B737NG

 

No final, temos que ter tudo isso pronto e armado, rodando em uma base FS9, Project Magenta e IvAp (para vôos online). Uma tarefa e tanto….